terça-feira, 1 de setembro de 2015

Que tal uma horta móvel que só precisa ser regada a cada 15 dias para produzir alimentos?

noocity6-ecod.jpg
Que os alimentos orgânicos são mais nutritivos e menos nocivos do que os convencionais, pouca gente duvida, e uma série de estudos científicos atestam, não é verdade? No entanto, eles costumam ainda ser mais salgados ao bolso. E se você pudesse plantá-los em sua própria horta, seja na sacada do apartamento, no terraço ou na janela, mesmo morando em uma cidade grande?
Ao pensar nessa possibilidade, a empresa Noocity - criada pelo brasileiro Pedro Monteiro juntamente com os portugueses José Tuivo e Samuel Rodrigues - trabalha para desenvolver métodos e produtos que permitam o plantio fácil e rápido dos mais diversos tipos de vegetais.
A empresa quer incentivar hotéis e restaurantes a criarem nesses locais alguns dos alimentos consumidos nas refeições.
O segredo está na tecnologia utilizada na Growbed e nos Growpockets, dois dos produtos já disponíveis para venda: dentro de cada um deles, há um sistema inteligente de sub-irrigação. Além de precisar ser regada apenas a cada 15 dias, a horta inteligente economiza até 80% de água, em comparação a uma comum, segundo os criadores.
Sem desperdício
Ao alimentar o sistema com água, o recurso é levado até as raízes através de pequenos vasos. Com isso, não se corre o risco de molhar as plantas em excesso, além de diminuir o processo de evaporação da água, o que reduz o desperdício.
A Noocity já começa a expandir seu conceito para além das residências. Em seu mais novo projeto, a empresa quer incentivar hotéis e restaurantes a criarem nesses locais alguns dos alimentos consumidos nas refeições. Já para as escolas, a ideia é trabalhar na linha conscientizadora, abrindo aos mais jovens possibilidades e reflexões sobre sustentabilidade.
Dotada de design simples e prático, a Growbed permitiria que qualquer pessoa tenha em casa seus próprios vegetais orgânicos. A
O lá em casa, hein???
         

GALERIA DE FOTOS (clique na imagem para ampliar)

   


















Fonte: EcoD


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua Mensagem - Se gostou Compartilhe