quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Faça você mesmo: dois tipos artesanais de porta-joias

A ostentação não pode parar. Menos ainda quando você pode ostentar algo feito por você mesmo!

Imagem: Gallery Hip

Você provavelmente tem algum conhecido que adora uns braceletes, umas pulseirinhas da paz, usa colares diferentes todos os dias ou correntinhas do fluxo. Sua namorada pode adorar brincos ou o seu namorado acha o estilo do Thiaguinho maneiro. Enfim, seja lá qual for o caso de aficionado por joias, eles sempre querem mais e querem lugar para guardar. É chique a ideia de uma caixinha de jóias, tipo aquelas de livros do sir Arthur Conan Doyle, que desaparecem misteriosamente, mas convenhamos que não é lá muito prático.

Mostraremos dois modos perfeitos para eles e para você que quer economizar no presente e ainda dar algo com muito mais valor do que material. Cara, sua vó iria adorar uma coisa dessas. Quando foi a última vez que você deu um presente para a sua avó? Reflita!

Os materiais para os dois tipos de porta-joias que mostraremos a seguir podem ser encontrados facilmente nas lojas de R$ 1,99 perto de você (não existem lojas de R$ 1,99 onde você mora? Que lugar mais triste, cinza e sem vida).

1. Uma pratada preciosa

Para quem tem muitos brincos, anéis e braceletes ou pulseiras, um dos mais simples porta-joias que existe é esse suporte feito com um prato, que você pode estilizar do jeito que quiser ou procurar um bem diferente em lojas antigas ou bazares por precinhos bem camaradas, e uma estatueta. É só inventar coisas temáticas para seja lá quem você for dar o presente. Um boneco do Star Wars para a amiga nerd ou uma estatueta de santo ou anjo para… Bem, só imagino isso para sua avó mesmo. O importante é ser criativo. Escolhido qual prato e o ornamento, é só colá-lo no centro do prato usando cola de artesão e voilá. Mais simples impossível.

2. O quadro mais valioso

Esse faça você mesmo é bem legal: para fazê-lo, primeiro encontre uma moldura e coloque dentro dela uma fina placa de cortiça (não sabe o que é cortiça? Já viu o quadro de avisos da firma ou do escritório, onde fica aquele "papelão" marrom, todo espetado com avisos da confraternização dos colaboradores de fim de ano? Pois então, é aquele "papelão" que não é papelão. Entendeu? Claro que entendeu!). Para dar um ar de luxo ao presente, cubra a cortiça com algum tecido a gosto e use alfinetes para pendurar os colares e brincos (confira imagem no início da matéria). Pronto, agora você também pode vender a sua arte na praia!

Fonte: Grist.org      Via: eCycle

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua Mensagem - Se gostou Compartilhe